Ter o muro de sua casa como espaço publicitário, ganhando uma renda extra. O projeto Outdoor Social, iniciado em 2013 em diversos bairros da Grande Vitória, oferece essa oportunidade. Segundo a fundadora, Emília Rabello, é um projeto de negócios sociais de entregar mídia na periferia e, ao mesmo tempo, gerar impacto social.

A ideia é levar publicidade em bairros que seriam pontos cegos de comunicação através de outdoor feitos em placas 2×1 de polímero em muros e fachadas das casas. Em troca, o morador recebe uma quantia que varia entre R$80 e R$120 mensais. Após a campanha, a placa é encaminhada uma empresa de reciclagem local.

O projeto surgiu da própria demanda do mercado publicitário de comercializar produtos para a classe C que, segundo Emília, apesar de ter um ticket menor, tem volume de consumo maior que as outras classes. “É importante lembrar que 75% da população que mora em comunidade tem uma renda de R$3 mil a 7 mil reais. O estigma natural em relação à essas pessoas de classe baixa é errado”, diz a fundadora. Por isso, muitas empresas que têm produtos direcionados para as classes populares têm interesse em anunciar.

Além disso, muitas campanhas são de utilidade pública. Os bairros atendidos nem sempre tem uma carência financeira, pois essa população tem renda, mas podem ser de vulnerabilidade social.

Recentemente, uma campanha de serviço realizada foi a do Ministério da Saúde no combate ao mosquito da dengue distribuiu 20 placas em comunidades dos municípios de Guarapari e Serra.

No Espírito Santo, o Outdoor Social existe desde 2013 e já gerou renda em torno de R$ 4.200,00, a moradores de 40 comunidades espalhadas pelos municípios de Vitória, Vila Velha, Cariacica, Guarapari e Serra. Em Vitória, as comunidades atendidas são: Região IV Maruípe, Região III Bento Ferreira / Jucutuquara, Região VII São Pedro, Região IV Maruípe, Região I Centro, Região VII São Pedro.

Em Vila Velha, as comunidades que há atuação são: Barramares, Ulisses Guimarães, Morada da Barra, Primeiro de Maio, Zumbi dos Palmares, Argolas, João Goulart, Ilha das Flores, Morro Jaburuna, Jardim Guaranhuns. Em Cariacica são: Flexal II, Porto Novo, Padre Gabriel, Itanguá, Nova Canaã, Flexal, Mangue Seco.

Em Guarapari, há a presença do projeto em: São Gabriel, Bela Vista, Camurugi, Concha D’Ostra, Praia do Riacho, Nossa Senhora da Conceição e Portal Clube de Guarapari. Já na Serra, as comunidades são: Vila Nova de Colares, Central Carapina, Cantinho do Céu, José de Anchieta II e III, Taquara I e II, Área Verde de Feu Rosa e Solar de Anchieta.

Geralmente, os exibidores são escolhidos por coordenadores locais que conhecem a comunidade escolhem lugares estratégicos para os anúncios. Mas quem quiser ser um exibidor, pode entrar em contato com contato@outdoorsocial.com.br com uma foto da fachada da casa, informações sobre o bairro onde mora e contato para a avaliação.

Leia Mais em ESHOJE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *